top of page

A importância dada à saúde mental está em declínio: um alerta crescente no Brasil

A saúde mental é um tema crucial que merece nossa atenção e cuidado. No entanto, dados recentes revelam uma tendência preocupante: os brasileiros estão cada vez menos engajados com questões relacionadas à saúde mental. Este artigo busca explorar essa realidade alarmante, destacando a importância da saúde mental e analisando os números que evidenciam a queda na atenção dada a esse assunto no país.


De acordo com uma pesquisa da YouGov, uma multinacional especializada em pesquisa de mercado on-line, constatou-se que 67,9% dos brasileiros reconhecem a doença mental como uma condição real. Embora esse número seja considerável, é preocupante observar que houve um declínio em relação aos 69% que expressaram essa percepção em 2022. Além disso, em comparação aos 74,5% de 2021, fica evidente uma queda significativa de 7 pontos percentuais nos últimos dois anos, demonstrando uma redução no número de brasileiros que levam a saúde mental a sério.

Outro indicador preocupante é a diminuição no engajamento e na discussão sobre problemas relacionados à saúde mental. Em 2021, 80,5% dos brasileiros afirmaram que era importante discutir questões dessa natureza. Contudo, esse percentual caiu para 77,2% em 2023, representando uma queda de mais de três pontos percentuais.

Ao analisar os dados por gênero, observa-se que as mulheres estão mais conscientes da importância do tema. Enquanto 73,2% dos homens acreditam que essa questão deve ser discutida, 81,1% das mulheres brasileiras afirmam que é fundamental abordar esses assuntos. Da mesma forma, existe uma diferença notável ao considerar a faixa etária. Apenas 68,8% dos jovens entre 18 e 24 anos acreditam que a saúde mental deve ser discutida, em comparação com 80% das pessoas com mais de 55 anos de idade. Essa disparidade indica uma falta de conscientização entre os mais jovens, o que torna a abordagem da saúde mental ainda mais relevante.

É crucial compreendermos que a saúde mental é tão importante quanto a saúde física. Nossa saúde mental afeta todos os aspectos de nossas vidas, incluindo nossos relacionamentos, desempenho no trabalho, tomada de decisões e bem-estar geral. Ignorar ou negligenciar a saúde mental pode levar ao surgimento de doenças mentais graves, como a depressão e a ansiedade, além de impactar negativamente a nossa qualidade de vida.

Diante desses dados preocupantes, é fundamental que a sociedade, os governos e as instituições empreendam esforços para promover a conscientização sobre a importância da saúde mental. Campanhas de conscientização, programas de educação, acesso facilitado aos serviços de saúde mental e a promoção de um ambiente de trabalho saudável são medidas que podem ajudar a reverter essa tendência alarmante.


Comments


bottom of page