top of page

Internação psiquiátrica: instrumento decisivo em momentos de crise

A internação psiquiátrica tem como objetivo fornecer cuidados e atendimentos que não são viáveis ​​em um ambiente ambulatorial ou residencial. Existem diversas razões pelas quais a internação se faz necessária. Em primeiro lugar, ela visa proteger o próprio paciente em momentos de crise, como situações de tentativa de suicídio ou quando há risco iminente. Além disso, a internação também busca proteger a sociedade, a família e o paciente diante de casos de agitação grave.



A internação psiquiátrica desempenha um papel fundamental na proteção do indivíduo contra comportamentos prejudiciais, como gastos excessivos, comportamentos compulsivos, automutilação, incoerência, dentre outros. Essa abordagem é especialmente crucial quando as medidas médicas e psicossociais convencionais não são suficientes para garantir a segurança e o bem-estar do paciente. Nessas situações, a internação torna-se mandatória para fornecer o nível adequado de cuidados e supervisionar de forma mais intensiva o paciente.


Ao optar pela internação, é possível oferecer um ambiente seguro e controlado, onde uma equipe especializada pode monitorar de perto o paciente e fornecer os cuidados necessários. Durante esse período, é possível implementar medidas terapêuticas mais intensivas e personalizadas, que visam estabilizar a condição do paciente e promover sua recuperação.


Com uma abordagem diferenciada e uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, a Clínica da Gávea oferece a excelência em internações psiquiátricas. Entre em contato.



Comentarios


bottom of page