O que é psicose? Quais as suas características? Dr. Jerson Laks esclarece o distúrbio

A psicose é um distúrbio de afastamento da realidade e do juízo crítico, a qual afeta toda a tomada de decisões do indivíduo. Na psicose, a pessoa, a bem dizer, vive uma outra realidade, não aquele compartilhada por todos à sua volta.





Como exemplo, pensemos em uma pessoa que se acha perseguida, que passa a tomar medidas de isolamento e fuga por conta de um perigo que ali não está visível ou audível aos outros à sua volta. Ou uma pessoa que ouve vozes, alucina que está recebendo ordens e que pessoas comentam sobre a sua conduta, xingam, falam mal dela.


Esses quadros delirante-alucinatórios são consequência de alterações bioquímicas nas vias neurais, desequilíbrios entre neurotransmissores. Entretanto, o meio ambiente e a convivência podem muitas vezes reforçar esses sintomas, motivo pelo qual é mister que o tratamento não se restrinja ao uso de remédios.


Uma vez melhorada a intensidade dos sintomas, a conversa em tratamento psicológico para repor as atividades de vida diária e a qualidade de vida dos pacientes é peça chave para evitar recaídas e promover a adesão continuada ao tratamento, uma vez que esses quadros podem ser crônicos e seu manejo e tratamento devem ser mantidos sine die, com o apoio da família e a participação de todos os que cuidam do individuo com esses transtornos.


Na Clínica da Gávea, os medicamentos e as técnicas terapêuticas mais atuais e todos os protocolos cientificamente validados são utilizados, sempre de modo humano e afetivo, fundamentais para o sucesso de qualquer tratamento.



Dr. Jerson Laks.

Diretor Médico da Clínica da Gávea.